Botafogo Hoje
  • Home >
  • Notícias do Botafogo

Debate entre Marcelo Van Gasse e Jorge Kajuru: CPI, Arbitragem e Ética no Futebol Brasileiro

Defesa de Árbitros em Meio à Crise e Desafios para a Melhoria

Data Publicação26/04/2024
Compartilhar no:
  • compartilhar no whatsapp
  • compartilhar no facebook
  • compartilhar no twitter

Debate entre Marcelo Van Gasse e Jorge Kajuru: CPI, Arbitragem e Ética no Futebol Brasileiro

A arbitragem brasileira tem enfrentado desafios significativos recentemente, com denúncias de manipulação de resultados e questionamentos sobre a ética dos árbitros. Em uma entrevista ao programa “Seleção SporTV”, Marcelo Van Gasse, presidente da Associação Brasileira de Árbitros de Futebol (Abrafut), abordou diversos tópicos relacionados ao momento atual da arbitragem no Brasil, incluindo a convocação de árbitros para depor na CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas.

Criamos a associação de árbitros no ano passado, somos todos árbitros em atividade. Estamos com todo quadro, somos cerca de 500 associados. O quadro inteiro da Fifa, da CBF que faz Série A, B e C estão com a nossa associação. Quando vejo outra associação falando que o Campeonato Brasileiro vai ser paralisado, em momento algum vai acontecer. Nossa força no campo de jogo é trabalhar. Saímos de casa para isso. Quando vejo no Senado falarem de paralisação, dos nossos árbitros, do Raphael Claus e da Daiane, fico chateado e vejo com espanto.

A CPI e a Defesa de Claus e Daiane

Marcelo Van Gasse defendeu firmemente Raphael Claus e Daiane Caroline Muniz dos Santos, que foram convocados para depor na CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas. Ele ressaltou a importância de respeitar os árbitros, especialmente aqueles que têm carreiras exemplares e são reconhecidos mundialmente. “Quando vejo o Senado falar de paralisação, dos nossos árbitros, do Raphael Claus e da Daiane, fico chateado e vejo com espanto”, afirmou Van Gasse.

Como associação, fui no Ministério Público ano passado, em uma audiência pública do Ministério de Goiás. São dois anos investigando, não apareceu nenhum árbitro. Acho esquisito o Senado jogar o nome do Raphael Claus, um cara superfamília, que representou o Brasil na última Copa, e a Daiane Muniz que está pré-convocada para as Olimpíadas. Temos que pensar quando fazemos insinuação que temos produto futebol que todo nós vivemos. Quando você põe o campeonato em dúvida é ruim para todo mundo, ainda mais não tendo provas. Estamos conjecturando situações, isso é muito ruim. Criamos a associação em busca do respeito que o árbitro tem que ter. Quando se chega no Senado e se põe à prova, é ruim para todos. Claus e Daiane são árbitros de alto nível, mundialmente reconhecidos. Vi uma situação do árbitro Glauber (Amaral Cunha), ele nunca foi do quadro nacional ou da nossa associação, não posso falar sobre ele. A Daiane é uma das melhores VARs do mundo, respeitada, procurando trabalhar no mais alto nível possível. Estamos dispostos a dar respeito aos árbitros, que é o que eles merecem.

Van Gasse também comentou sobre a criação da Abrafut, destacando que a associação é composta por árbitros em atividade, com cerca de 500 associados, incluindo todo o quadro da FIFA e da CBF que atua nas séries A, B e C. Ele enfatizou que a associação trabalha para garantir o respeito aos árbitros e para melhorar o ambiente da arbitragem no futebol brasileiro.

Investimentos e Desafios na Arbitragem Brasileira

O presidente da Abrafut destacou os esforços da CBF para melhorar a arbitragem, mencionando investimentos em treinamento, pré-temporada e feedback sobre os jogos. No entanto, ele também alertou que o árbitro não pode controlar o campo de jogo sozinho; é necessário que jogadores e comissão técnica mantenham um bom comportamento.

A CBF está fazendo grande investimento na arbitragem. Estou fazendo 25 anos de arbitragem, passei desde o sub-15 até Copa do Mundo. Há o investimento com treinamento, pré-temporada, devolutivas em relação ao jogo. Procuramos melhorar, mas não podemos esquecer que o árbitro sozinho não consegue controlar o campo de jogo se jogadores e comissão técnica não tiverem bom comportamento. O entorno tem que ajudar. Na Europa só me preocupo com o campo, aqui tenho que me preocupar com tudo. Olha a pressão que o Claus vai ter com o jogo domingo. Precisamos ter respeito com o árbitro. Nossa associação vai buscar o tempo inteiro, acho muito justo. Não é fácil ser árbitro na América do Sul, temos que controlar muita coisa, a imprensa tem que entender. Estamos dispostos sempre à melhoria do futebol, que está vinculada à melhoria da arbitragem. Que a gente tenha um futebol melhor para que meu filho tenha prazer de assistir ao futebol brasileiro.

Não posso falar pela Comissão da Arbitragem, mas posso falar pelo meu entendimento de jogo e experiência. Claus faz os principais jogos, é reconhecido como um dos principais árbitros, e Daiane Muniz é reconhecida como uma melhores VARs do mundo. Por isso trabalham junto, estão nos maiores jogos, com mais audiência. Não vejo problema nisso. Pela minha experiência, é natural.

Van Gasse comentou sobre as dificuldades de ser árbitro na América do Sul, onde o ambiente é mais desafiador em comparação com a Europa. Ele enfatizou que a pressão sobre os árbitros é intensa, especialmente em jogos de alto nível, como aqueles em que Raphael Claus e Daiane Muniz atuam frequentemente.

Reflexões sobre a Ética na Arbitragem e as Declarações de Jorge Kajuru

Enquanto Van Gasse defende a integridade dos árbitros, Jorge Kajuru, presidente da CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas, fez declarações polêmicas. Ele afirmou que John Textor, dono da SAF do Botafogo, apresentou provas de manipulação, incluindo uma gravação de um árbitro reclamando de não ter recebido propinas prometidas. Kajuru sugeriu que nem todos os árbitros são inocentes, criticando a Anaf por tentar defender toda a classe sem investigar a fundo as acusações.]

Vocês perguntam: “ele veio com provas ou não?” Veio. John Textor… 100% você não pode acreditar nele, porque ele se dirige muito aos erros cometidos contra o Botafogo, de manipulação, de corrupção etc. Agora, ele mostrou que tem bala na agulha.

Já há um requerimento na CPI para que o agora ex-árbitro seja convocado para depor. Ele (Textor) mostrou a mim, entregou o telefone na minha mão, a gravação de um árbitro do Rio de Janeiro, não posso dar o nome por segredo de Justiça, em que diz: “Eu cumpri minha parte, mas não cumpriram comigo, não pagaram a propina prometida a mim. Eu dei o pênalti, inventei o pênalti, e depois desses vários agarra-agarras eu poderia marcar mais pênaltis, mas não marquei, porque fiz minha parte, mas não fizeram comigo, não me pagaram.” Essa gravação é bombástica. E vamos trazer esse árbitro para ele informar quem ofereceu dinheiro a ele, qual clube, qual jogo, e a Justiça é que decidirá sua condenação.

O conflito entre essas visões destaca a complexidade da situação. De um lado, há a necessidade de defender os árbitros que trabalham de forma honesta e ética; de outro, a necessidade de investigar alegações de corrupção e manipulação para garantir a integridade do futebol brasileiro.

A associação vem querendo inocentar árbitro dizendo que é uma inconsequência do Textor declarar que teve árbitro que manipulou. Claro que teve, e vocês vão ter as provas. Ou vocês acham que todos os árbitros são santos? Nenhuma classe tem santo! Se o dinheiro compra o cão, compra o canil, compra o abanar do rabo, não vai comprar árbitro de futebol, auxiliar de arbitragem?

Botafogo Hoje

Em tempos de desinformação, o BOTAFOGO HOJE continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso contamos com uma equipe apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade sobre o Botafogo. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional do nosso portal? E melhor, não custa nada. Basta seguir e compartilhar nossos conteúdos.

Me siga no Instagram para saber mais sobre o meu trabalho e ficar por dentro do nosso Glorioso e ver mais Dicas.

 

autor

Por Thiago Guedes

instagram do thiago guedeslinkedin do thiago guedes
Sou Thiago Guedes, Jornalista e Publicitário. Fiz da internet o meu país e nas minhas redes sociais não coloco ninguém em vacilo. Aqui no portal, servimos bem para servirmos sempre! Você confere todas as noticias do Botafogo, os jogos do Botafogo hoje, horário do jogo do Botafogo, classificação e tabela completa atualizada e muito mais!

Últimas Notícias do Botafogo