Botafogo Hoje
  • Home >
  • Notícias do Botafogo

Botafogo Afastou Kauê Após Denúncia de Agressão pela Ex-Namorada, Isabella Ribeiro

Isabella Ribeiro, ex-namorada do jogador Kauê do Botafogo, acusou o atleta de agressão

Data Publicação23/04/2024
Compartilhar no:
  • compartilhar no whatsapp
  • compartilhar no facebook
  • compartilhar no twitter

Botafogo Afastou Kauê Após Denúncia de Agressão pela Ex-Namorada, Isabella Ribeiro

Ex-namorada do jogador de futebol Kauê, Isabella Ribeiro, acusou o atleta de agressão física. Ela tomou medidas legais e registrou um Boletim de Ocorrência. O Botafogo, onde Kauê joga, anunciou seu afastamento por tempo indeterminado enquanto as investigações são realizadas.

Denúncia de Agressão por Isabella Ribeiro

A influenciadora Isabella Ribeiro, ex-namorada do volante Kauê, do Botafogo, acusou o jogador de tê-la agredido na segunda-feira, 22 de abril. Isabella afirmou que buscou apoio policial e registrou um Boletim de Ocorrência. Além disso, ela planejava ir ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar exames que comprovem a agressão.

Ela revelou nas redes sociais a suposta agressão cometida pelo jogador, declarando que ele agiu de maneira violenta após ela passar por um surto emocional, tendo tomado Clonazepam como resultado de problemas pessoais. Em uma transmissão ao vivo, Isabella declarou:

"Isso não existe. Não vou apanhar de homem, ainda mais de um moleque de 19 anos. O motivo foi porque ontem eu tomei Clonazepam, para tentar me matar, tomei logo duas caixas, por mil motivos que estão acontecendo. Não estou bem, quase bati na minha mãe... Surtei, gente. Ele não soube lidar. Quer dizer, soube lidar do jeito dele. Eu não vou aceitar isso de ninguém."

Reação do Botafogo e Afastamento de Kauê

Diante das acusações, o Botafogo se manifestou publicamente e anunciou que Kauê seria afastado por tempo indeterminado. A assessoria de imprensa do clube comunicou que a decisão foi tomada pela Diretoria para que as autoridades competentes possam investigar o caso. A posição do Botafogo foi clara em relação à violência contra as mulheres:

"O Botafogo tomou conhecimento no início da noite desta segunda (22) de relatos de agressão envolvendo o atleta Kauê e sua ex-namorada Isabella. Por decisão da Diretoria, o jogador será afastado por tempo indeterminado até o esclarecimento dos fatos e atuação das autoridades competentes. O Botafogo repudia todo e qualquer ato de violência, sobretudo aqueles praticados contra as mulheres."

Contraponto da Assessoria do Jogador

A assessoria de imprensa de Kauê negou as acusações feitas por Isabella Ribeiro. O jogador ainda não se pronunciou diretamente sobre as acusações, mas o posicionamento da sua assessoria foi claro ao afirmar que as acusações de Isabella "não procedem".

Como funciona uma denúncia por Feminicídio?

Se uma mulher for agredida, é fundamental tomar medidas imediatas para garantir sua segurança e buscar justiça. Aqui estão algumas etapas a serem seguidas, utilizando o caso da denúncia de agressão envolvendo Isabella Ribeiro e Kauê do Botafogo como exemplo para ilustrar o processo:

1. Segurança Imediata

A primeira ação é garantir a segurança da mulher agredida. Se possível, ela deve sair do local onde ocorreu a agressão e buscar um ambiente seguro, como a casa de amigos ou parentes, ou ligar para a polícia.

2. Registro da Denúncia

Assim como Isabella Ribeiro fez, a mulher deve registrar um Boletim de Ocorrência (BO) na delegacia mais próxima ou em uma Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM). Isso cria um registro oficial do ocorrido e é essencial para iniciar uma investigação. Ela deve fornecer detalhes do que aconteceu, incluindo a descrição do agressor, local e hora do incidente.

3. Exames Médicos e Coleta de Provas

Para fortalecer a denúncia, a mulher deve passar por exames médicos para documentar lesões físicas ou outras evidências da agressão. Isabella Ribeiro mencionou ter ido ao Instituto Médico Legal (IML), uma etapa importante para coletar provas que podem ser usadas em investigações e processos judiciais.

4. Apoio Jurídico e Psicossocial

Além de registrar a denúncia, é recomendável buscar apoio jurídico para orientação sobre os direitos e etapas seguintes do processo. Muitas cidades têm serviços gratuitos ou organizações não governamentais que oferecem suporte. Além disso, apoio psicossocial é essencial para ajudar a vítima a lidar com os impactos emocionais da agressão.

5. Acompanhamento da Investigação

Após registrar a denúncia, o processo de investigação será conduzido pelas autoridades policiais. O tempo e os detalhes podem variar dependendo do caso. A investigação inclui a coleta de provas, depoimentos, e análise de evidências. No caso de Isabella Ribeiro, o Botafogo anunciou que Kauê seria afastado enquanto a investigação está em andamento, mostrando que ações institucionais podem ser tomadas enquanto o processo é concluído.

6. Busca por Justiça e Proteção

Se a investigação confirmar a agressão, o agressor pode enfrentar acusações criminais. A mulher pode buscar ordens de proteção ou medidas cautelares para garantir sua segurança. A justiça pode incluir processos judiciais, penas, e outras ações corretivas.

7. Redes de Apoio e Conscientização

Além das ações legais, a mulher deve procurar redes de apoio, como grupos comunitários ou ONGs especializadas em apoio a vítimas de violência. Compartilhar a experiência e aumentar a conscientização pode ajudar a prevenir futuros casos e apoiar outras vítimas.

autor

Por Thiago Guedes

instagram do thiago guedeslinkedin do thiago guedes
Sou Thiago Guedes, Jornalista e Publicitário. Fiz da internet o meu país e nas minhas redes sociais não coloco ninguém em vacilo. Aqui no portal, servimos bem para servirmos sempre! Você confere todas as noticias do Botafogo, os jogos do Botafogo hoje, horário do jogo do Botafogo, classificação e tabela completa atualizada e muito mais!

Últimas Notícias do Botafogo