Botafogo Hoje
  • Home >
  • Notícias do Botafogo

Desafio na Altitude: A Estreia Amarga de Artur Jorge no Comando do Botafogo

Em sua primeira partida pela Libertadores, o novo técnico do Botafogo enfrenta dificuldades em Quito e não consegue evitar derrota

Data Publicação12/04/2024
Compartilhar no:
  • compartilhar no whatsapp
  • compartilhar no facebook
  • compartilhar no twitter

Desafio na Altitude: A Estreia Amarga de Artur Jorge no Comando do Botafogo

A noite do dia 11 de abril marcou a estreia do técnico Artur Jorge à frente do Botafogo, um teste de fogo na altitude de Quito, no Estádio Casa Blanca. O jogo começou desfavorável para o alvinegro carioca que, após um gol precoce da LDU, lutou sem sucesso para equilibrar o placar, terminando o confronto com uma derrota de 1 a 0.

Reações e Estratégias

Primeiro Tempo: A Busca Pelo Empate

Com uma formação ofensiva, escalando quatro atacantes, o Botafogo se viu em desvantagem logo aos três minutos de jogo, após um erro coletivo da defesa. O gol de Alzugaray, que contou com a falha do goleiro Gatito, colocou a equipe brasileira em uma posição difícil, forçando-a a buscar o jogo desde cedo.

A tentativa de reação foi marcada por uma posse de bola mais agressiva, embora a precisão nos passes decisivos e o controle emocional não estivessem ao lado do Glorioso. O time teve algumas oportunidades, como a de Jeffinho, que driblou o goleiro mas perdeu o ângulo para finalizar.

Segundo Tempo: Mudanças e Oportunidades

Na segunda etapa, com a entrada de Tchê Tchê, o Botafogo mostrou uma melhoria no meio-campo. Houve momentos de pressão contra a LDU, mas a conclusão efetiva das jogadas permaneceu como o principal desafio. À medida que o tempo passava, o desgaste físico e a estratégia de esfriar o jogo por parte dos equatorianos diminuíram as chances de empate para o time carioca.

Notas dos Jogadores

  1. Gatito Fernández: 3,0 - Envolvido diretamente no gol sofrido e com falhas em outros momentos.
  2. Mateo Ponte: 3,5 - Passes laterais excessivos e cauteloso demais no jogo.
  3. Lucas Halter: 3,0 - Marcou o adversário, mas falhou em momentos cruciais, como no lance do gol.
  4. Alexander Barboza: 4,5 - Perdeu duelos importantes e errou muitos lançamentos, apesar de contribuir ofensivamente.
  5. Hugo: 3,0 - Falhas defensivas que custaram caro ao time.
  6. Danilo Barbosa: 4,0 - Perda de bola que originou o lance do gol, com desempenho regular no restante do jogo.
  7. Marlon Freitas: 5,0 - Passes acertados e tentativas de dinamizar o jogo.
  8. Luiz Henrique: 3,5 - Tentativas de jogadas individuais sem grande sucesso.
  9. Jeffinho: 5,5 - Driblou o goleiro e teve a melhor chance do Botafogo, sendo o mais perigoso no ataque.
  10. Júnior Santos: 4,5 - Lutou por espaços e teve uma boa chance, mas não foi efetivo.
  11. Tiquinho Soares: 4,0 - Começou bem, mas foi perdendo força ao longo do jogo.
  12. Tchê Tchê: 5,0 - Entrou no segundo tempo e trouxe mais força ao meio-campo.
  13. Óscar Romero: 4,5 - Boas jogadas, mas ainda falta ritmo.
  14. Matheus Nascimento: 4,5 - Esforçou-se, mas produziu pouco.
  15. Gregore: 5,0 - Não comprometeu ao entrar como lateral-direito e mostrou vontade.
  16. Raí: 4,0 - Improvisado na lateral esquerda, não conseguiu ser efetivo na marcação ou no apoio.

Próximos Desafios e Reflexões

Os próximos confrontos na Libertadores serão cruciais para as aspirações do Botafogo. Com dois jogos consecutivos em casa, o time tem a oportunidade de recuperar pontos e reavivar suas chances no torneio. Além disso, a necessidade de ajustes defensivos e de maior eficiência ofensiva são claras para o técnico Artur Jorge.

A estreia no Campeonato Brasileiro também se aproxima, com o Botafogo enfrentando o Cruzeiro no Mineirão. Este será mais um teste para as estratégias de Artur Jorge e a resiliência do elenco alvinegro.

FICHA TÉCNICA LDU 1 X 0 BOTAFOGO

  • Estádio: Casa Blanca
  • Data-Hora: 11/4/2024 – 19h
  • Árbitro: Andrés Matonte (URU)
  • Assistentes: Martín Soppi (URU) e Andrés Nievas (URU)
  • VAR: Andrés Cunha (URU)
  • Público: 16.008 torcedores
  • Cartões amarelos: Facundo Rodríguez, Villamil e Jhojan Julio (LDU)
  • Cartões vermelhos: –
  • Gols: Alzugaray 3’/1ºT (1-0)

LDU: Alexander Domínguez; José Quintero, Adé, Facundo Rodríguez e Leonel Quiñónez; Estupiñán (Jhojan Julio 13’/2ºT), Piovi e Marco Angulo (Villamil 15’/1ºT); Alzugaray (Daykol Romero 42’/2ºT), Alex Arce e Estrada (Sebastián González 13’/2ºT) – Técnico: Josep Alcácer.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Mateo Ponte (Raí 34’/2ºT), Lucas Halter, Alexander Barboza e Hugo (Gregore 34’/2ºT); Luiz Henrique (Matheus Nascimento 26’/2ºT), Danilo Barbosa (Tchê Tchê – Intervalo), Marlon Freitas e Jeffinho (Óscar Romero 18’/2ºT); Júnior Santos e Tiquinho Soares – Técnico: Artur Jorge.

Botafogo Hoje

Em tempos de desinformação, o BOTAFOGO HOJE continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso contamos com uma equipe apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade sobre o Botafogo. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional do nosso portal? E melhor, não custa nada. Basta seguir e compartilhar nossos conteúdos.

Me siga no Instagram para saber mais sobre o meu trabalho e ficar por dentro do nosso Glorioso e ver mais Dicas.

autor

Por Thiago Guedes

instagram do thiago guedeslinkedin do thiago guedes
Sou Thiago Guedes, Jornalista e Publicitário. Fiz da internet o meu país e nas minhas redes sociais não coloco ninguém em vacilo. Aqui no portal, servimos bem para servirmos sempre! Você confere todas as noticias do Botafogo, os jogos do Botafogo hoje, horário do jogo do Botafogo, classificação e tabela completa atualizada e muito mais!

Últimas Notícias do Botafogo